Liberte suas cores

Foto: Ramirez Medeiros | Beleza: Gabrielle Marquart

Unimos nosso amor por fazer acessórios ao conhecimento da Ana Soares sobre análise cromática para fazer uma coleção especial cheia de cores. A ideia é oferecer a tod@s a oportunidade de experimentar ser a melhor versão de si mesm@.

Ana Soares é criadora do blog Moda Pé no Chão, formada em design gráfico, pós graduada em marketing e consultora de imagem e estilo, e atualmente promove o workshop Conheça suas cores, incentivando outras mulheres a ficarem mais felizes com seus guarda-roupas e - por que não - a serem mais coloridas. No workshop, as participantes têm a oportunidade de descobrir as cores que mais as favorecem e aprender a como usar a cartela de cores do seu tom e subtom de pele a seu favor.
Ficou curios@ sobre o assunto? Então acompanhe nosso bate papo ;)

Foto: Ramirez Medeiros | Beleza: Gabrielle Marquart

Você propõe a análise cromática com um grupo de pessoas. Mesmo assim é possível individualizar o processo?
Sim. Confesso que o workshop é um projeto ousado, afinal fazer a análise em grupos de 12 pessoas é um desafio. Mas essa reunião acaba sendo ainda mais rica do que o atendimento um a um. É um encontro de mulheres que estão buscando a mesma coisa e que acabam se apoiando, elogiando genuinamente umas às outras. Tenho muito orgulho desse trabalho e por levar um conhecimento que ainda é visto como algo não muito acessível e restrito a um grupo de pessoas.

Como surgiu a ideia de criar o workshop?
Sempre gostei de ensinar, de dar aula, e, como sou designer gráfico de formação, a cor sempre permeou minha vida. Então resolvi juntar tudo que eu gosto e criei o workshop. Depois de estudar e conhecer minha cartela de cores percebi que conseguia fazer minhas peças de roupas e acessórios terem uma maior harmonia, ficando mais fácil de combinar e perdendo menos tempo para montar meus looks. Então, por que não levar esse conhecimento para mais mulheres?

Quem procura o workshop busca mais segurança ao se vestir?
90% das pessoas procuram por insegurança, mas na verdade são mulheres corajosas, valorosas e que saem ainda mais confiantes. Não é um bate papo apenas sobre teoria das cores, é um momento propício para descobrir a sua essência, se descortinar e se perguntar: “se essa cartela inteira de cores sou eu, por que me limito e não aproveito todo esse arco-íris que eu tenho à minha disposição?”.

Mas, então, todas as pessoas podem ficar bem em qualquer cor?
Cada um tem cores que favorecem mais seu tom de pele, outras que deixam a gente com uma aparência mais cansada ou até algumas que evidenciam manchinhas e olheiras. Mas é importante lembrar que quando falamos de amarelo, temos uma infinidade de tons de amarelo, por exemplo. Cada cartela mostra seu tom de amarelo, o seu melhor verde, o melhor vermelho…ela não te limita, apenas entrega uma ferramenta para que você possa estar em sua melhor versão sempre.

Crédito: Divulgação Ana Soares

E como essa análise é feita?
O estudo cromático surgiu no século XVIII e depois foi aperfeiçoado na década de 1970, pela consultora de estilo Suzanne Caygill. A partir das quatro estações do ano foi desenvolvido o método de análise cromática sazonal e eu utilizo o método de análise cromática sazonal expandida, que utiliza três cartelas de cores diferentes para cada estação, considerando características como profundidade, opacidade e intensidade do conjunto da pessoa. Assim eu faço a análise do subtom de pele, que está ligado à epiderme, um conjunto formado pela hemoglobina, o caroteno e a melanina, ou seja, ele já nasce com a gente e não se altera. Dessa forma temos três tons de pele – claro, médio e escuro – e três subtons para cada um desses tons – quente, frio e neutro.

Mesmo depois de conhecer suas cores alguém te fala que ainda sente medo de ousar nas cores. Qual é sua dica para facilitar esse processo?
A melhor dica é: invista em acessórios! Um brinco, uma pulseira ou um colar podem trazer o ponto de cor que falta no look, e assim fica mais fácil de começar a se jogar no mundo das cores.

E na hora de escolher as cores dos acessórios de acordo com a cartela de cada um?
Entendendo sua cartela, você consegue não só escolher melhor as cores dos materiais, mas os tipos de metais que mais te favorecem. Mas isso fica ainda mais fácil agora com a nossa collab, que já apresenta os produtos separados por cartela, né?


Já sabe sua cartela de cores e quer garantir os seus produtos pensados especialmente para ressaltar seus melhores atributos? Clica aqui!

Ainda não sabe qual a sua cartela e ficou com vontade de fazer a análise? Corre pro site da Ana pra ver a próxima data do workshop Conheça Suas cores.

Deixe uma resposta

Você precisa fazer login para publicar um comentário.