Faça seus sapatos durarem

Quando a gente vai escolher uma roupa geralmente dá uma olhadinha na composição, confere se vai ser um tecido mais fresco ou fácil de passar, e na hora de lavar faz aquela separação das peças coloridas, das brancas, das mais escuras... Mas e com os sapatos? Eles normalmente são mais deixados de lado. Afinal, a gente coloca no pé e sai por aí pisando nos lugares mais sujos e cheios de microrganismos que se pode imaginar, né? Opa! Por isso mesmo eles merecem uma atenção especial!

Cuidar bem dos seus sapatos vai além da higiene e do bem estar dos seus pés, já que a conservação deles vai gerar menos custo pra você na compra de novos sapatos, diminuir o impacto na natureza com geração de lixo e ainda garantir que você use muito mais vezes aquele par que você ama. Ou seja, só coisa boa!

Então, vamos a algumas dicas que podem facilitar sua vida:

ANTES DE USAR

Verifique o material que foi usado na composição daquele produto. Matérias primas naturais, como o couro, por exemplo, deixam os pés mais arejados e exigem maiores cuidados para conservação como hidratação, enquanto materiais sintéticos tendem a ser mais abafados e requerem uma limpeza mais simples.

Depois de analisar os materiais, pense nos seus pés. Afinal, cada pé é único e só você pode saber melhor o que vai te calçar confortavelmente e atender às suas necessidades.

Além disso, é importante pensar em que situação você usará aquele sapato. Para andar muito no dia a dia? Para uma viagem que você vai para climas mais frios? Ou apenas para ocasiões formais esporádicas? Isso tudo interfere diretamente na sua escolha.

NA HORA DE CALÇAR

Antes de tudo, seus pés precisam de cuidados especiais. Nunca calce sapatos com os pés molhados ou úmidos ou você vai criar um ambiente super propício para a proliferação de fungos e bactérias, além de prejudicar a conservação do sapato.

Uma boa dica é incluir na rotina o uso de produtos específicos para os pés como desodorantes ou talcos antissépticos que mantêm os pés limpos e previnem odores e micoses.

Evite usar o mesmo par de sapatos mais de um dia seguido. O ideal é alternar para que eles tenham tempo de arejar e que seus pés não sejam impactados pelos mesmos pontos de apoio repetidamente.

Crédito: Submarino

TIROU, GUARDOU. NUNCA!

Jamais guarde seu sapato assim que chegar em casa. Ele precisa de tempo para arejar e de uma boa limpeza antes de ir para qualquer sapateira ou armário. Para facilitar a vida é possível ir deixando seus sapatos tomando um ar em algum local na sombra durante a semana e pegar um tempinho do seu final de semana para limpar tudo e guardar.

Na hora de limpar, comece pela sola passando uma escova para tirar todo o acúmulo de pedrinhas, poeira e terra em algum lugar que não deixe a sujeira se espalhar tanto, como dentro do tanque, por exemplo. Em seguida use algum produto de sua preferência para limpar o que sobrou de resíduos. Nossa dica é uma misturinha simples e caseira: uma parte de álcool + uma parte de detergente neutro + uma parte de água e pronto! Coloque em um borrifador e espalhe sobre a sola retirando com um pano de microfibra ou qualquer um que não solte pelos e fios. Ainda sobrou alguma sujeira? Use uma escova de dente velha e concentre mais desse produto para finalizar a limpeza. E atenção: Nunca coloque seu sapato embaixo d’água, já que isso pode danificar colas, costuras e até mesmo o material do calçado.

Para a parte externa, um pano umedecido com água geralmente já resolve e funciona bem com qualquer tipo de material. Sapatos de couro, especialmente, têm muitas restrições para o contato com produtos químicos e geralmente demandam mais uma etapa: hidratar! Não tem um produto específico para isso? Tudo bem! Aquele seu hidratante corporal pode ser usado tranquilamente com a ajuda de um paninho. Calçados de nobuck e veludo também requerem maior cuidado e geralmente é fácil encontrar escovas mais macias que alinham os fios e deixam eles como novos.

No interior dos sapatos pode ser utilizada a mesma misturinha que sugerimos para a sola e depois secar bem. Tem cadarços? Não se esqueça que eles também devem ser limpos. Encha um recipiente com água quente e um pouco de sabão e deixe eles de molho por cerca de 10 minutos, depois enxague bem com água fria. Então é só deixar secando e pronto.

Depois desse ciclo de limpeza, deixe os sapatos arejarem mais um pouquinho à sombra e aí, finalmente, é hora de guardar. Para evitar o acúmulo de pó, mantenha seus pares dentro daqueles saquinhos de TNT ou use algo para protegê-los. Aquelas toucas descartáveis que geralmente são usadas por profissionais da saúde são ótimas para embalar seus sapatos também, seja para deixar em casa ou levar na mala de viagem.

Crédito: Pinterest

DÊ UMA GERAL DE TEMPOS EM TEMPOS

Sabe aquele amassadinho, uma parte que tá descascando, um lugarzinho que saiu a cor? De vez em quando é bom usar um produto específico para revitalizar os sapatos, como graxas e pastas transparentes ou cor, ou levar no sapateiro do seu bairro pra dar aquela consertada.

E aquele sapato que você ama mas nunca usa porque te machuca em algum ponto dos pés? Se for de couro, uma boa dica é colocar uma meia grossa ou várias meias juntas e calçar o sapato com elas. Aí ligue o secador se cabelos e aqueça a área que te incomoda durante uns 30 segundos mantendo uma distância de cerca de 10 cm para evitar machas. Depois, desligue o secador e ande pela casa até o sapato esfriar por completo. Super funciona!

Agora que você já sabe cuidar bem dos seus sapatos, aproveita pra dar uma olhada na nossa nova coleção e escolher o próximo que vai durar muito tempo ?

Deixe uma resposta

Você precisa fazer login para publicar um comentário.