Guardado pra sempre

A gente ama fotografia! Capturar momentos especiais e ter eles ali, pra sempre, disponíveis pra quando a gente quiser reviver aquela história chega a ser mágico. Mas como saber em que ocasiões a gente precisa de um profissional para nos ajudar nessa missão e como escolher a pessoa ideal para presenciar vivências muitas vezes tão íntimas? Entrevistamos a fotógrafa Lorena Viéga, que ama registrar felicidade e amor para tirar algumas de nossas dúvidas!

Desde cedo Lorena foi apresentada à fotografia em casa mesmo, mas só depois de muito tempo se entregou a sua verdadeira vocação. Ela trabalha como fotógrafa desde 2014 e já fotografou mais de cem casais apaixonados. Em 2018 foi premiada pelo Inspiration Photographers, um dos maiores diretórios de fotógrafos e videomakers do mundo, também faz parte do My Wed e é fornecedora indicada de portais reconhecidos como Zankyou e Casamentos.com. Ah! E claro, foi a responsável pelo nosso ensaio fotográfico de carnaval deste ano <3

Crédito: Lorena Viéga Fotografia

JR - O que é a fotografia pra você?
LV - A fotografia me remete à minha família. Meu pai adorava fotografar a gente e eu guardo essas memórias com muito carinho. Hoje, fico feliz de poder fazer parte de momentos tão especiais e ajudar outras pessoas a colecionar suas memórias mais felizes.

JR - Quando soube que queria fazer isso profissionalmente?
LV - Comecei o curso meio sem saber se faria disso uma profissão. Fotografei muitos amigos queridos para treinar e, de repente, me vi apaixonada pelos casais. Sou uma sonhadora, tinha muuuuitas revistas de noivas e amava falar sobre casamentos. Eu amo fotografar casais e eles me escolheram. Meu primeiro casamento foi por muita insistência de uma noiva que me viu fotografando um casal de amigos. E quando eu vi que minhas fotos contavam uma história, tinham uma narrativa e transcreviam emoções para o papel, eu me apaixonei!

JR - Você usa o slogan “com amor e humor”. Ele retrata a forma como você encara seu trabalho?
LV - Com certeza! Vivo essa frase na minha vida todos os dias! Acredito que o humor tem um poder sensacional de transformar fatos simples em memórias excepcionais. E o amor, ah, o amor! Ele está permeado em todas as nossas relações humanas… Trabalho para divertir pessoas, para fazê-las rir. E para clicar todos esses sorrisos!

Crédito: Lorena Viéga Fotografia

JR - Sabemos que você ama fotografar casamentos e famílias. Você considera esses temas como foco?
LV - Claro que sim! Eu acredito no casamento! Muito mesmo! Acho que dentre tantas possibilidades, diante de um universo de mais de 7 bilhões de pessoas, duas pessoas desejarem, se escolherem dia após dia, merece uma celebração! E a família é consequência dessa escolha. É o sim que dizemos todos os dias ainda que não haja testemunhas… Eu acho mágico!

JR - Qual dica você dá pra quem procura um fotógrafo para registrar um evento ou até mesmo apenas um momento da vida?
LV - Além do óbvio, que é se identificar com as fotos e com um trabalho completo, eu sugiro se reunir com o profissional. O cliente tem que gostar muuuito do fotógrafo, tem que querer se relacionar com ele. O fotógrafo vai estar na sua frente o tempo todo. Você tem q se sentir à vontade com essa pessoa. Tem que estar disposto a se conectar, a se exibir… Pessoas se conectam com pessoas! E hoje, onde valorizamos o clique espontâneo, o real, não há outra maneira de fazer isso. Você tem que ser você!

JR - E qual a principal diferença que você acha que faz contratar um profissional e não só registrar com a câmera do celular?
LV - Apesar da excelente qualidade de muitos celulares atualmente, nada substitui o olhar. O profissional está ali treinado, se antecipando muitas vezes ao momento que ele acha que pode vir a acontecer. A gente não relaxa. Somos caçadores, colecionadores de histórias… Além de termos técnicas e dominarmos a luz para contar da melhor maneira possível aquela cena.

Crédito: Lorena Viéga Fotografia

JR - O que você considera mais importante pro resultado de um ensaio fotográfico ser mágico?
LV - Talvez seja prolixa, mas como falei anteriormente, se sentir à vontade. Confiar no profissional que você escolheu. Ele vai dirigir você, vai entender os seus melhores ângulos e vai perceber o que te deixa feliz. Então, se você se conectar com o profissional certo, aquele que faz o seu coração bater de verdade, tudo vai fluir de maneira tão natural que, num dado momento, você vai esquecer que está sendo fotografado. Vai ser como tem que ser: leve e autêntico!

JR - E como se preparar para um ensaio?
LV - O ideal é fazer um brainstorm com o profissional. Fazer mesmo uma chuva de ideias até que, juntos, cheguem no que procuravam. A gente começa pela escolha do local, passeia pelas suas referências, define o estilo das roupas e vai ensaiando o dia das fotos. Depois disso é só preparar o seu melhor humor e se entregar! Vai dar certo!

Crédito: Lorena Viéga Fotografia

JR - Como sair bem na foto? Precisa pensar estrategicamente na pose ou vale ser espontâneo?
LV - Uma mistura dos dois! Gosto de dirigir as pessoas, por exemplo, analisar antes as expressões, ver fotografias, me atentar ao lado do rosto que o cliente mais aparece nas fotos das suas redes sociais e perguntar em detalhes do que ele mais gosta ou menos gosta na aparência. Usamos ângulos que podem favorecer determinado assunto ou minimizar. Tento sempre clicar posada e espontaneamente (que é a expressão que geralmente acontece num espaço entre uma foto e outra). Ambas são lindas e dignas de serem guardadas para sempre!

JR - Qual o seu top 3 de momentos que deveriam ser registrados na vida de qualquer um?
LV - Top 3? Difícil eleger apenas três momentos, mas eu diria: o casamento, um lifestyle na primeira casa da família e momentos da infância!

Deixe uma resposta

Você precisa fazer login para publicar um comentário.